Axure: Prototipando a experiência do usuário.

dezembro 7, 2007

Olá pessoal, estou aqui hoje para falar de uma ferramenta mencionada em algumas aulas sobre usabilidade e arquitetura de informação, o Axure.

Para aqueles que ainda não conhecem, ou conhecem pouco, o Axure é uma ferramenta de prototipagem de interfaces que permite total interação do usuário. Nele você cria sua interface e consegue por em prática a experiência que o usuário terá com seu produto, antes mesmo da concepção de layout ou desenvolvimento, minimizando riscos e custos.

Já trabalho com essa ferramenta a algum tempo e ela possui pontos significantes na hora de fazer um wireframe em relação à outras ferramentas tradicionais como o Power Point e o Visio.

Esses pontos são:

  • Unidade de medida em pixels, proporcionando a criação de interfaces com dimensões reais;

  • Criação de elementos comuns para serem aplicados nas páginas da interface (menus, header e outros elementos que podem ser replicados);

  • Agilidade na criação e replicação de páginas;

  • Inclusão de especificação, prioridade, status, risco, estabilidade para cada campo ou funcionalidade criada;

  • Inclusão de painéis dinâmicos facilitando a criação de funcionalidades interativas sem precisar que várias páginas sejam criadas para apresentar um caso de uso;

  • A versão mais recente permite que vc trabalhe com variáveis proporcionando mais interações nas interfaces criadas;

  • Geração de protótipo html totalmente navegável com display de especificação em cada campo, notas e comentários de cada página e arvore de navegação;

  • O usuário não precisa ter conhecimento algum de programação para gerar o protótipo;

  • Geração do documento de especificação funcional com base nos wireframes criados;
    A ferramenta é ideal para arquitetos de informação e profissionais de usabilidade que desejam testar seus produtos com ganho de tempo (pois a partir do wireframe o protótipo é gerado) e precisam fazer uma apresentação mais realista e “bonita” para seus clientes.

Os pontos baixos, e que creio que serão revistos para as próximas versões, estão na quantidade de elementos de interface (campos de texto, combos, radio button, etc), e na questão de preenchimentos de formas e tratamento de imagens importadas para o projeto que são bem básicos.

Tirando esses pequenos detalhes, você tem no Axure uma poderosa ferramenta para a criação de wireframes e protótipos.

Anúncios

2 Responses to “Axure: Prototipando a experiência do usuário.”

  1. Jonas Felipe Says:

    Você sabe onde encontro conteúdo sobre o Axure? Uso o software já faz algum tempo para meus freelas e o InDesign na empresa onde trabalho(sou arquiteto de informação).

    Não conheço o Axure a fundo e tem muita coisa ainda com ele que não sei fazer e que faço no InDesign…


  2. poxa ai fiquei conhecendo esse programa hoje é muito esse seu post sobre ele já deu para ter uma idéia bem legal
    obrigado
    evertt de sousa


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: