musicmesh

janeiro 28, 2008

Funciona assim: você faz a busca por um artista ou banda, o resultado apresenta a capa dos cds desse artista ou de artistas relacionados. Você clica sobre o cd de sua preferência e uma janela lateral carrega o track-list (a lista de músicas) desse álbum.

Sobre o tracklist, abas contendo reviews, o verbete no Wikipedia, link para a compra do cd na Amazon, e a possibilidade de adicionar esse artista como favorito. Ah, o mais legal, logo abaixo, um player toca, em formato de vídeo, as músicas desse álbum!

Acesse o musicmesh e tenha uma grande experiência em termos de busca, usabilidade, interação com o usuário, e um ótimo exemplo de mush-up com serviços da web 2.0.

(Dica obtida no blog do Tiago Dória)

The Walkman Project

dezembro 19, 2007

Estava lendo a Newz da F.biz, um boletim da agência que traz cases tanto do meio digital quanto de fora dele.

Encontrei um case da Sony, super interessante, onde eles fizeram uma música e convidam você a regravar no estilo que desejar, utilizando os instrumentos que desejar. Você pode ainda misturar sua versão com a gravada por outra pessoa. O objetivo da ação é divulgar a última versão do Walkman. Segue a nota da F.biz na íntegra.

“Projeto Walkman – Sony

The Walkman Project da Sony, ação para promover a última versão de seu clássico player, começou com um filme em que quase 200 músicos foram chamados para tocar apenas uma nota cada um e, assim, compor uma música inusitada (peça grandiosa e cara, nos moldes dos filmes para a TV Bravia). Inspirado no mesmo conceito, o projeto convida os visitantes a enviarem suas versões para esta melodia composta de várias “notas únicas”.

Você pode regravá-la tocando de verdade, utilizando versões disponíveis no site, ou ainda, usando alguns dos instrumentos à disposição. Vale mandar beat box, tocar sax, o que quiser – o importante é criar uma versão nova e diferente.”

Fonte: Agência F.biz

RadarCultura

dezembro 17, 2007

“Um site feito pelos internautas e um programa de rádio que só toca o que o site pedir. Esta é a idéia do RadarCultura”. Acabou de sair do forno… foi lançado agora a pouco. Vale a pena conhecer!